quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Já irrita...

Já irrita falar no meu trabalho, mas estão me sempre a tentar tramar...
Última do dia... Devido a um desacordo entre a instituição e a segurança social, todos os dias q tirarmos pelos nossos filhos são descontados no ordenado!
Conversa da chefe cmg hoje de manhã...
Sandra, o dia q tirou no início do mês, para levar a sua filha ao médico, e q depois acabou por ficar em casa, quer tirar de férias ou desconto lho do ordenado?
Eu: o quê???? Bem... Mais vale tirar em férias, já q o ordenado é tão pequeno...
Não há pachorra... Não me tornam a tramar! Próxima vez q a minha filha adoecer, qual atestado qual quê! Doze dias de baixa que é pa não brincares cmg! Como se costuma dizer... Para torto, torto e meio!

15 comentários:

poeta_poente disse...

Não querendo ferir susceptibilidades mas no Alentejo a expressão é: Para Cabrão, Cabrão e meio.

Mas estás certa, fazes muito bem, mas essa atitude deles é ilegal. Se pedires uma justificação de falta ao médico, que pode ser no máximo de dois dias, para ti ou para descendentes directos ou familiares a cargo, não te podem retirar do vencimento. E não tem nada a ver com a SS, é a entidade patronal que tem que suportar isso.

Beijo e força!

DANTE disse...

Subscrevo ali a expressão do poeta_poente. Mas em todo o caso nos dias que correm necessita-se de prudência a lidar com questões laborais. Os empregos são escassos. Bem sei que alguns patrões são umas bestas , mas mais vale ser-se 'cabrão e meio' de uma forma subtil. Vai ver a legislação e deixa-lha na secretária ;D

Jokas :)

Solita disse...

Olá.

Eu não estou muito por dentro das leis, axo que numca faltei ao trabalho, so memso por morte de familiar, que só aconteceu em 11, duas vezes.
Ainda no outro dia estava a falar com a minha mana sobre isso, nem sabia que se faltase-mos nestas condiçoes k dizes, ou por doença que não podem descontar, Eu como tenho a facilidade de trocar, numca falto.
Mas tbm concordo com o Dante, nos dias de hoje é preciso ter cuidado mesmo com a lei do nosso lado, á sempre forma de nos tramarem.


jinhos e tem paciencia.

Solita disse...

aconteceu em 11 anos, duas vezes*
enganei-me.

patapi disse...

Poeta, o problema é q a minha entidade patronal diz q quem tem de pagar é a segurança social, e eles dizem o contrário! À conta disso perdi um dia de férias!
Dante, vou seguir o teu conselho, vou já verificar melhor esta situação!

patapi disse...

Solita, cada x mais os boss se tentam esquivar a pagamentos e despesas, se arranjam maneira de passar a batata quente, quem se lixa é sempre o mais pequeno!

Miepeee disse...

Eu vou na onda do Poeta e sendo ainda mais ordinaria, costumo dizer: para Puta...Puta e meia.

Ai que vergonha, vou lavar a boca, ate logo.
Bj.

patapi disse...

Acredita Miepeee q se soubesse q n me iria custar um processo disciplinar lho dizia na puta da tromba! :)

@me@@@ disse...

Pois... aqui na empresa sou eu que ando a perguntar se as pessoas descontam ou tiram férias... é muito tramado!!! aliás, este mês faltei por estar doente e tirei o dia como férias... é vergonhoso!!!


:-)

korrosiva disse...

Uma chamadinha para o tribunal de trabalho e eles informam-te de tudo direitinho ;))

patapi disse...

@me@@@ ai se fosses minha chefe já tinhas uma carrada de pragas em cima! Sem ofensa! :)
Korrosiva, já tentei, mas por telefone n me informam, logo tenho de tirar um dia de férias para lá ir! Tou sempre lixada!

poeta_poente disse...

Desculpem estar a meter-me mas o caminho mais certo não é o tribunal de trabalho. O ideal será sindicalizares-te e eles até apoio jurídico te dão. Ou então tens uma linha de apoio ao trabalhador, do antigo IDICT que entretanto mudou de nome para qualquer das condições de trabalho.
Vão por mim, já estive do outro lado da barricada.

beijo

Solita disse...

No código do trabalho deveter.


Eu tirei da net.

poeta_poente disse...

deixei-te no mail do perfil um doc com algumas informações. Beijo

Solita disse...

tens um miminho no meu blog

jokas